Bebidas com menos açúcar vão pagar menos imposto

O Governo criou um grupo de trabalho no início do ano para avaliar o impacto da taxa do açúcar. Tal como o DN já tinha noticiado, o Orçamento deverá incluir uma proposta para taxar mais quanto mais açúcar tiverem as bebidas.

O Governo vai criar quatro escalões de impostos para as bebidas açucaradas. Ao que o Dinheiro Vivo apurou, as bebidas com menos açúcar (menos de 25 gramas por litro) passam a pagar um euro de imposto por cada cem litros de bebida.

Até agora, pagavam 8,34 euros. Este valor era igual para todas as bebidas com teor de açúcar inferior a 80 gramas por litro. A criação da medida já tinha sido avançada pelo Diário de Notícias.

Desta forma, o segundo escalão irá abranger as bebidas que têm entre 25 gramas de açúcar e 50 gramas de açúcar por litro, que passam a pagar 6 euros de imposto por cada cem litros de bebida. Já o terceiro escalão vai taxar as bebidas que tenham entre 50 e 80 gramas de açúcar por litro. Para estas o imposto ainda será ligeiramente inferior ao praticado em 2018: passam a pagar 8 euros.

O escalão mais alto abrange as bebidas com mais de 80 gramas de açúcar por litro, que vão pagar um imposto de 20 euros por cada cem litros de bebida. Para estas o imposto sobe, já que até ao momento o valor do imposto era de 16,69 euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Monsanto

"Nunca pensei desistir." O jardineiro que derrubou a Monsanto

Não é um homem rico, como muitos pensam, porque ainda não recebeu a indemnização da Monsanto. Nem sabe se viverá o suficiente para assistir ao acórdão final do processo que travou contra a gigante agroquímica, dona da marca RoundUp. Ainda assim, sabe que já fez história. Na luta contra um cancro (linfoma não Hodgkin), diz que tem dores, altos e baixos, mas promete não desistir. Se houvesse cura, Dewayne Lee Johnson gostaria de criar uma fundação e dedicar-se mais à música e à arte.