Greve dos bares dos comboios foi suspensa

Funcionários aguardam proposta de aumentos salariais por parte da empresa

Os trabalhadores da Servirail, que prestam serviço nos bares dos comboios da CP e estavam em greve desde o dia 22 de dezembro, vão suspender a paralisação a partir das 24:00, anunciou o sindicato do setor.

"Esta suspensão é feita como manifestação da boa vontade dos trabalhadores para que a empresa apresente uma proposta de aumentos salariais dignos", sublinha, num comunicado, o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Norte (STIHTRSN), indicando que a greve teve uma adesão de praticamente 100%.

O sindicato diz que a Servirail (pertencente ao grupo francês Newrest) tem recusado "uma atualização justa dos salários" desde que começou a explorar o serviço de refeições dos comboios Alfa Pendular, Intercidades e Internacional, em outubro de 2015.

Segundo o STIHTRSN, a Servirail deu apenas 0,35% (cerca de 2 euros), de aumento salarial em 2016, e apenas no salário de base, e propôs apenas 1% (cerca de 6 euros) para 2017.

Os sindicatos vão agora pedir nova reunião à empresa para prosseguirem as negociações no início de janeiro de 2017.

O STIHTRSN pretende um aumento de 03%, com um mínimo de 30 euros de valorização salarial, e a negociação do acordo de empresa.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG