Governo poupa 660 milhões em juros com reembolso de 10 mil milhões ao FMI

Empréstimo negociado com Totta no âmbito do acordo para swaps ajudou a reembolso antecipado e a baixar custo da dívida face ao mercado

Os dez mil milhões de euros que o governo pretende reembolsar antecipadamente ao Fundo Monetário Internacional deverão resultar na poupança de 660 milhões de euros em juros com a dívida pública, avançou Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG