Galp também aumenta preços do gás em outubro

Petrolífera não adianta para já valor da mexida. Decisão conhecida depois de EDP comercial divulgar que fatura de gás das famílias em média subirá 30 euros.

Depois da EDP Comercial ter declarado que irá aumentar o preço do gás natural em outubro, a Galp confirma ao Dinheiro Vivo que também irá proceder a um aumento, no mesmo mês, embora não indique o valor do aumento. Uma informação que será divulgada em breve, esclarece a empresa.

"Face à volatilidade do mercado e ao respetivo aumento do custo do gás, a Galp confirma que irá proceder a um aumento dos preços do gás em outubro num valor a indicar brevemente", declara a Galp.

A petrolífera contextualiza o aumento, remetendo para o facto do preço do gás natural ter ultrapassado nesta quarta-feira os 300 euros por megawatt/hora (MWh), um máximo desde o recorde histórico registado no início de março, no início da invasão russa da Ucrânia

Ainda no mês passado a Galp procedeu ao aumento do gás natural, para cerca de 3,60 euros para o escalão mais representativo. Na altura, a Galp justificou, à Lusa, o aumento para "refletir o aumento do custo de compra em linha com a evolução do produto no mercado internacional".

Nesta quarta-feira, a EDP anunciou um aumento médio de 30 euros mensais, na fatura do gás a partir de outubro. A empresa justifica este aumento "com a escalada de preços nos mercados internacionais", mas acrescenta que há um ano que os valores do seu gás não sofria atualizações.

Mónica Costa é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG