Estes são os bancos com mais reclamações em Portugal

As queixas contra entidades estrangeiras, como a Revolut e o N26, não constam do relatório do Banco de Portugal por não serem supervisionadas no país.

O Deutsche Bank, o Bankinter e o Banco CTT foram os bancos que geraram mais reclamações de clientes nos primeiros seis meses deste ano.

O Banco de Portugal recebeu no total 8.022 reclamações contra os bancos no primeiro semestre, um aumento de 5,2% face a 2018. Em média, 1.337 queixas deram entrada no supervisor por mês.

A maior parte das queixas foram relacionadas com crédito ao consumo e à habitação e também contas de depósito.

Os dados foram divulgados esta quarta-feira pelo Banco de Portugal no seu relatório de Atividades de Supervisão Comportamental.

Estão excluídas do relatório as reclamações que entraram no Banco de Portugal contra entidades estrangeiras, como a britânica Revolut e o alemão N26, por não serem supervisionadas em Portugal.

Este é o top 3 dos bancos com maior número de queixas, por tipo de motivo da reclamação:

Depósitos
1. Deutsche Bank
2. Banco CTT
3. Banco Activobank

Crédito ao consumo
1. Bankinter
2. Caixa Leasing Factoring
3. Banco BIC

Crédito à habitação e hipotecário
1. Banco CTT
2. Deutsche Bank
3. Bankinter

Elisabete Tavares é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG