Criada empresa que vai gerir autocarros da Grande Lisboa

Transportes Metropolitanos de Lisboa vai tomar conta da Carris Metropolitana, a marca única de autocarros na região de Lisboa.

Está criada a empresa que vai gerir os autocarros na Grande Lisboa. A constituição da TML - Transportes Metropolitanos de Lisboa foi aprovada esta quinta-feira em reunião do conselho metropolitano de Lisboa, o órgão que junta os presidentes de câmara dos 18 municípios da AML.

Além de gerir os autocarros na região de Lisboa, a TML vai contar com o sistema tecnológico de bilhética e de informação ao público, desenvolver estudos e planos e ainda implementar políticas de acessibilidade, mobilidade e transportes.

A TML é a dona da Carris Metropolitana, a marca comum dos autocarros na Grande Lisboa, constituída em julho de 2019 e que deverá arrancar no final de 2021. Estes autocarros serão operados, em princípio, por quatro empresas privadas através de contratos de concessão: TST, Scotturb, TST e Nex.

Não serão concessionados os serviços municipais de autocarros de Barreiro, Cascais e Lisboa, que são prestados por empresas próprias. Os contratos terão validade de sete anos.

Desde dezembro do ano passado que a gestão do transporte rodoviário de passageiros passou para a competência das autoridades de transportes intermunicipais ou metropolitanas. No caso da Grande Lisboa, a Transportes Metropolitanos de Lisboa poderá também gerir os barcos da Transtejo e da Soflusa.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG