Café emblemático vendido por 4,7 milhões de euros

O café foi comprado em leilão pela Sociedade Gold Medal

O Café Golden Gate, um estabelecimento emblemático no centro do Funchal, foi vendido em hasta pública por 4,748 milhões de euros, numa operação conduzida pelo Governo Regional da Madeira, após entendimento com o proprietário, o Millennium BCP.

O valor base de licitação do imóvel era de 2 milhões de euros, mas foram apresentadas quatro propostas em envelope fechado, com valores entre 2,5 milhões e 3,560 milhões.

O leilão prosseguiu com licitações sobre a proposta mais elevada, apresentada pela Sociedade Gold Medal, que acabou por adquirir o imóvel.

A verba da hasta pública, a sexta de 2016 conduzida pela Direção Regional do Património e de Gestão dos Serviços Partilhados, será dividida em parte iguais entre o executivo madeirense e o Millennium BCP.

"Esta hasta pública é importante, principalmente pelo protocolo de entendimento único entre o Governo Regional e uma entidade privada", explicou o diretor regional do Património, Hélder Fernandes, sublinhando que, deste modo, o Café Golden Gate será devolvido ao Funchal.

O estabelecimento, também designado por "A Esquina do Mundo", remota ao século XIX e fechou portas a 3 de agosto de 2014 devido à insolvência da sociedade que o explorava.

Situado em plena baixa do Funchal, o Café Golden Gate ocupa uma fração do edifício com o mesmo nome, e o novo proprietário não poderá dar-lhe outro uso senão o de restauração, conforme consta do caderno de encargos.

"Para além de estarmos a vender a fração D do edifício Golden Gate, estamos também a vender o Café Golden Gate, a Esquina do Mundo", realçou Hélder Fernandes, vincando que o espaço terá de usar sempre a mesma denominação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG