Bruxelas quer aumentar ajudas mínimas a agricultores para 25 mil euros

Comissão Europeia quer ainda criar um registo central que os Estados-membros devem atualizar e utilizar

A Comissão Europeia propôs hoje o aumento dos auxílios de pequeno montante (de 'miminis') de 15 mil para 25 mil euros de modo a ajudar agricultores a enfrentarem emergências, mas estabelecendo limites por setor.

Para evitar distorções de mercado, um setor agrícola não pode receber mais de 50% do montante total dos auxílios nacionais de pequeno montante.

Bruxelas quer ainda criar um registo central que os Estados-membros devem atualizar e utilizar.

Os auxílios de 'minimis' são financiamentos que podem ser atribuídos por empresa que se dedica à produção primária de produtos agrícolas sem notificação prévia ao longo de três anos.

O tema está aberto a consulta pública até 16 de abril e o executivo comunitário espera que a proposta seja adotada no verão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG