Afastamentos no IEFP originam 10 queixas nos tribunais

Há pelo menos 10 queixas a correr nos tribunais contra o Estado, movidas por dirigentes do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Nos últimos meses e pela mão do atual governo foram substituídos perto de 120 dirigentes do Instituto do Emprego e Formação Profissional. Uma dezena decidiu avançar com ações judiciais contra o Estado exigindo que a exoneração seja anulada e os lugares devolvidos, segundo noticia hoje o jornal "Público".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG