Sp. Braga conquista Mundialito de futebol de praia

Os bracarenses venceram os italianos do Catania por 7-6 e tornam-se a primeira equipa portuguesa a erguer o troféu

O Sporting de Braga conquistou este domingo o Mundialito de futebol de praia, ao vencer os italianos do Catania, por 7-6, na final da competição disputada em Moscovo.

Leo Martins, no primeiro e aos sete minutos, Jordan, aos dois, Gentilin, na própria baliza, aos três, Bókinha, aos 19, Bruno Xavier, aos 24, e Filipe Silva, aos 33, marcaram os golos dos bicampeões nacionais e europeus, que se tornaram no primeiro clube português a alcançar o título mundial.

Os golos do Catania foram marcados por Jordan, na própria baliza, no segundo minuto, Bryshtel, aos 14, Lucão, aos 18, Gentilin, aos 24, Bokach, aos 31, e Zurlo, aos 33.

O Sporting de Braga sucede ao Lokomotiv Moscovo no historial do Mundialito, que foi disputado fora do Brasil pela primeira vez.

Antes, tinham erguido o troféu o Vasco da Gama, em 2011, quando bateu na final o Sporting (4-2), o Lokomotiv, em 2012 e 2017, o Corinthians, em 2013, e o Barcelona, 2015.

O ala bracarense Bê Martins foi eleito o melhor jogador do Mundialito, enquanto Rafa Padilha foi distinguido como o melhor guarda-redes.

O troféu de melhor marcador foi para Lucão, o jogador do Catania, que marcou 12 golos na prova.

O Sporting não conseguiu a passagem às meias-finais e terminou em quinto, depois de no sábado golear os espanhóis do Levante por 9-1.

Exclusivos