Roma proibida de viajar para Espanha falha jogo da Liga Europa

Equipa italiana treinada pelo português Paulo Fonseca foi impedida de levantar voo de Roma pelas autoridades espanholas. Jogo com o Sevilha não se vai realizar na quinta-feira, tal como o Inter Milão-Getafe.

O jogo entre o Sevilha e a Roma, relativo aos oitavos de final da Liga Europa e que estava agendado para esta quinta-feira, não se vai realizar. Tudo porque o voo charter que ia transportar a equipa italiana treinada pelo português Paulo Fonseca para território espanhol não foi autorizado a descolar pelas autoridades espanholas.

Este é assim mais um jogo da Liga Europa entre equipas espanholas e italianas que é cancelado, depois de na terça-feira o presidente do Getafe, Ángel Torres, ter anunciado que a equipa espanhola não viajará para Milão para enfrentar o Inter no jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa.

"Pedimos à UEFA para procurar uma alternativa a jogar em Milão. Não queremos entrar no foco do coronavírus, não precisamos. Sob nenhuma circunstância colocaremos a saúde em risco", afirmou.

A UEFA, entretanto, confirmou na tarde desta quarta-feira o cancelamento dos dois jogos. "Tendo em conta as restrições de viagens entre Espanha e Itália impostas pelas autoridades espanholas" nenhum dos jogos se realiza na quinta-feira, sendo que uma decisão sobre a data da sua realização será avançada posteriormente", reagiu o órgão que rege o futebol europeu.

A Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 631 mortos e mais de 10.100 infetados pelo novo coronavírus. A quarentena imposta pelo governo italiano ao Norte do país foi alargada a toda a Itália.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG