Real Madrid esbarra nos ferros e deixa fugir Barcelona

O Real Madrid atrasou-se na luta pela liderança da Liga espanhola de futebol, ao empatar 0-0 na receção ao Athletic Bilbau, permitindo que o Barcelona se isole no topo, no jogo que encerrou a 18.ª jornada.

Apesar do domínio exercido no Santiago Bernabéu, os 'merengues' não conseguiram quebrar o nulo, chegando mesmo a acertar por três vezes nos 'ferros' da baliza à guarda de Unai Simon, através de Toni Kroos, Nacho e Luka Jovic.

A formação orientada por Zinedine Zidane somou o terceiro empate seguido no campeonato, tendo ficado em 'branco' pela segunda vez consecutiva, depois do nulo que registou na vista a Camp Nou, a meio da semana. Nos derradeiros três jogos na prova, os madridistas marcaram apenas um golo, diante do Valência (1-1).

O Real Madrid é segundo classificado, com menos dois pontos do que os catalães, que lideram a prova, com 39, e sagraram-se 'campeões de inverno' com o triunfo de sábado sobre o Alavés (4-1).

O Levante venceu por 3-1 na receção ao Celta de Vigo, que continua em zona de despromoção, e subiu ao nono lugar, aproveitando os desaires de Osasuna, Granada e Bétis.

Sem o português Hernâni, que não saiu do banco de suplentes, o conjunto valenciano viu-se em desvantagem desde os 12 minutos, por culpa de um golo de Iago Aspas, mas operou a reviravolta na segunda parte, com dois tentos de Marti Roger, aos 60 e 70, e um de Borja Mayoral, aos 90+1.

O português João Félix foi titular no triunfo Atlético de Madrid em casa do Bétis (2-1), mas foi o argentino Angel Correa a 'brilhar' com a camisola dos 'colchoneros', inaugurando o marcador aos 58 minutos, um depois de entrar, e assistindo Álvaro Morata para o segundo golo, aos 84.

O Bétis ainda reduziu pelo central Marc Bartra, aos 90+3 minutos, mas sem consequências no triunfo do 'Atleti', que mantém o quarto lugar na 'La Liga', atrás de FC Barcelona, Real Madrid e Sevilha.

Atrás dos 'colchoneros' segue a Real Sociedad (5.ª), a um ponto, com a equipa basca a sair desta 18.ª jornada com uma vitória por 4-3 em casa do Osasuna (11.º).

Os bascos estiveram a vencer por 3-0, mas ainda viram o Osasuna aproximar-se no marcador, a 3-2.

Depois marcaram o 4-2, com a equipa da casa reduzida a dez, por expulsão de Roncaglia, mas o Osasuna ainda 'ameaçou' com o 4-3, aos 84 minutos, numa fase de jogo com muitos cartões amarelos para os da casa.

Antes, num jogo de 'aflitos', entre os dois últimos classificados, o Leganes (19.º) foi mais forte do que o Espanyol (20.º), ao vencer os catalães por 2-0.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG