Platini: "VAR é uma bela mer**"

Antigo presidente da UEFA já cumpriu castigo imposto pela FIFA e pondera voltar ao futebol

Michel Platini, antigo presidente da UEFA, não tem gostada de ver a tecnologia ao serviço da arbitragem. "Não resolve nada. Preciso de 30 minutos para explicar porque não vai resolver nada. Acho que não vai desaparecer, mas acho que é uma merda", fisse o francês numa entrevista à televisão italiana RAI.

Suspenso de toda a atividade ligada ao futebol em 2016, Platini acabou o castigo e tem aproveitado para divulgar o seu livro O Rei vai nu e admitiu que pode voltar ao futebol. "Aos 64, tenho tempo para uma última aventura, mas não posso cometer um erro, tenho de pensar bem no assunto", explicou.

Michel Platini, antigo jogador da seleção francesa, foi presidente da UEFA entre 2007 e 2015. É considerado um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. Filho de imigrantes italianos, donos de um restaurante especializado em massas, Platini foi escolhido como melhor jogador do mundo pela World Soccer em 1984 e 1985; e melhor jogador da UEFA em 1984.

Exclusivos

Premium

Vida e Futuro

Formar médicos no privado? Nem a Católica passa no exame

Abertura de um novo curso de Medicina numa instituição superior privada volta a ser chumbada, mantendo o ensino restrito a sete universidades públicas que neste ano abriram 1441 vagas. O país está a formar médicos suficientes ou o número tem de aumentar? Ordem diz que não há falta de médicos, governo sustenta que "há necessidade de formação de um maior número" de profissionais.