Pedro Martins castiga jogadores e fecha-os três dias no centro de treinos

O treinador português não gostou da derrota do Olympiacos em Creta, com o OFI. Já são quatro jogos consecutivos sem vencer...

Pedro Martins decidiu fechar os jogadores do Olympiacos no centro de treinos do clube durante três dias, depois da equipa ter perdido, por 1-0, na deslocação ao campo do OFI Creta, numa partida disputada este domingo, a contar para a 7.ª jornada da Liga grega.

O treinador português não gostou da exibição da sua equipa e alegou que falta entrosamento entre os seus jogadores. Assim sendo, a equipa só deixará o centro de treinos para viajar para o Luxemburgo, onde na quinta-feira irá jogar com o Dudelange, numa partida a contar para a 3.ª jornada da LIga Europa.

O Olympiacos está há quatro jogos consecutivos sem vencer, pois perdeu em casa com o PAOK Salónica e fora com o AC Milan (Liga Europa), depois empatou no terreno do AEK Atenas e agora voltou a sair derrotado em Creta, perante uma equipa que ocupava o penúltimo lugar da classificação.

Ao que o DN apurou, o lugar de Pedro Martins como treinador do Olympiacos não está, para já, em perigo, uma vez que a direção do clube está a dar-lhe todo o apoio nesta fase crítica que a equipa atravessa.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.