Olympiacos de Pedro Martins, Podence, Roderick e José Sá goleia após eliminação europeia

Equipa dos portugueses venceu o OFI Creta, por 5-1, depois do desilusão na Liga Euorpa, frente ao Dínamo Kiev. Hassan, que já passou por portugal, marcou três golos

O Olympiacos, treinado pelo português Pedro Martins, goleou esta segunda-feira o OFI Creta por 5-1, no regresso à liga grega de futebol, após a eliminação da Liga Europa, frente ao Dínamo de Kiev.

Quatro dias depois da derrota em Kiev (1-0), na segunda mão dos 16 avos de final da segunda competição da UEFA, a equipa do Pireu venceu na 22.ª jornada do campeonato e manteve-se no segundo posto, a sete pontos do líder PAOK.

A grande figura do encontro foi o avançado egípcio Ahmed Hassan, ex-Sporting de Braga e Rio Ave, que fez um 'hat-trick' (36, 46 e 60 minutos), com Georgios Masouras (15) e Konstantinos Fortounis (40) a fazerem os outros golos da partida.

No 'onze' de Pedro Martins, estiveram os portugueses José Sá, Roderick Miranda e Daniel Podence, que fez duas assistências e foi substituído aos 74 minutos, enquanto Ricardo Vaz jogou até aos 76 nos forasteiros.

Exclusivos

Premium

Nuno Severiano Teixeira

"O soldado Milhões é um símbolo da capacidade heroica" portuguesa

Entrevista a Nuno Severiano Teixeira, professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e antigo ministro da Defesa. O autor de The Portuguese at War, um livro agora editado exclusivamente em Inglaterra a pedido da Sussex Academic Press, fala da história militar do país e da evolução tremenda das nossas Forças Armadas desde a chegada da democracia.

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.