Miúdo que escreveu carta a pedir desculpas encontrou-se com o árbitro

Tiago Tavares, jogador da equipa de sub-11 do Samora Correia que escreveu carta a pedir desculpa ao árbitro que o expulsou reencontrou-se com o juiz.

O rapaz de 11 anos do Grupo Desportivo do Samora Correia que escreveu uma carta ao árbitro que o expulsou a pedir desculpas, reencontrou-se com o juiz Ricardo Ramos para o fazer verbalmente.

"Peço desculpa pelo que aconteceu. Não queria que tivesse acontecido. Lamento. Descontrolei-me, mas espero que aceite o meu pedido de desculpas", disse Tiago Tavares, que não só viu o pedido aceite como foi convidado para entrar em campo ao lado da equipa de arbitragem num jogo de futebol sénior para os momentos da saudação das equipas e do sorteio do campo para o qual cada equipa ataca na primeira parte.

"Estimado árbitro, sou o número 64 do GDSC (Grupo Desportivo Samora Correia) e o meu nome é Tiago Tavares, da equipa de sub-11. Escrevo-lhe esta carta para pedir perdão pela minha atitude no dia 7 de abril de 2019. Sei que lamentar-me e pedir perdão não anula a suspensão, mas é bom saber reconhecer os nossos erros. Tentei alterar as coisas que fiz mal, não consigo fazer com que a minha equipa possa contar comigo no dia 13 de abril, não consigo apagar as marcas de desilusão dos misters, dos meus colegas, dos familiares e até de si. Mas posso fazer uma coisa: pedir-lhe desculpa e mostrar que estou seriamente arrependido. O senhor estava certo e eu lamento que isto tenha acontecido", escreveu Tiago, expulso depois de ter dirigido palavras insultuosas ao árbitro após a sua equipa sofrer o golo da derrota ante o Clube Amador dos Desportos do Entroncamento durante os sete minutos de tempo de compensação.

Assim que soube da carta, Ricardo Ramos louvou, através do Facebook, a atitude do jovem. "Reconhecer os erros é uma atitude de humildade e de um Vencedor", escreveu.

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.