Manchester City conseguiu a goleada da noite, às custas de Paulo Fonseca

Ingleses vergaram o Shakhtar Donetsk a uma goleada de 6-0, com hat-trick de Gabriel Jesus. Real Madrid marcou menos um na visita ao Viktoria Plzen (5-0)

O Shakhtar Donetsk, do treinador português Paulo Fonseca, saiu maltratado da visita ao Manchester City, com a equipa de Guardiola a reforçar o bom momento que atravessa com uma vitória que constitui a maior goleada desta jornada de Liga dos Campeões: 6-0.

Com o português Bernardo Silva a titular, os campeões ingleses contaram com um golo do espanhol David Silva para abrir o marcador, logo aos 13 minutos, tiveram um hat-trick de Gabriel Jesus - dois dos golos foram de penálti, aos 24' e aos 72', com o brasileiro a fechar a contagem aos 90' - e viram ainda Raheem Sterling (49') e Ryhad Mahrez (84') contribuir para a goleada.

Na República Checa, o Real Madrid também se refastelou com golos, com uma vitória por 5-0 sobre o Viktoria Plzen que permitiu ao treinador interino Solari somar o terceiro triunfo consecutivo desde que substituiu Lopetegui no cargo, com um acumulado de 11 golos marcados e zero sofridos. Nada mau. Esta quarta-feira, marcaram pelos merengues Benzema (dois, aos 21' e aos 37'), Casemiro (23'), Gareth Bale (40') e Toni Kroos (67').

No mesmo grupo do Real, o G, a Roma foi a Moscovo obter uma importante vitória (2-1) sobre o CSKA que lhe permite estar igualada em pontos com o Real Madrid no topo da tabela, com 9 vpontos, enquanto o CSKA tem 4 e o Plzen, já sem hipótese de qualificação para os oitavos de final, apenas 1.

No grupo do Manchester City, o F, o Lyon deixou fugir uma vantagem de dois golos e viu o Hoffenheim empatar já perto do fim, no minuto 90 (2-2). O city de Guardiola lidera com 9 pontos ao fim da quarta jornada, enquanto o Lyon tem 6, o Hoffenheim 3 e o Shakhtar é último com 2.

No grupo do Benfica, o E, o Bayern confirmou a superioridade sobre o AEK de Atenas com um bis de Lewandowski (31', de penálti, e 71') e isolou-se na liderança do grupo, com 10. O Ajax, que empatou na Luz com o Benfica (1-1), tem 8 pontos, o Benfica tem 4 e o AEK Atenas é último, sem qualquer ponto.

Por fim, no grupo H, José Mourinho levou a melhor sobre Cristiano Ronaldo na vitória do Manchester United em casa da Juventus (1-2) - apesar do golo inaugural do avançado português (65') -, devolvendo assim a derrota que os italianos lhe tinham infligido na jornada anterior em Old Trafford. E tudo com uma espetacular reviravolta nos cinco minutos finais (Mata, 86', e autogolo de Alex Sandro, aos 90'). O Valência bateu em casa o Young Boys por 3-1. A Juventus lidera com 9 pontos, o Manchester United é segundo com 7, Valência tem 5 e o Young Boys 1.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG