Mãe de jogador dos juniores do Braga morreu em acidente a caminho de jogo

Mulher ia a caminho de Lisboa para ver o filho jogar com o Benfica. Jogo acabou por ser interrompido.

O Benfica-Sp. Braga (4-2), do campeonato de juniores, terminou mais cedo, devido a uma tragédia familiar com um dos jogadores dos guerreiros do Minho (David Veiga).

O jogo estava quase a terminar quando o árbitro percebeu que se passava algo no banco bracarense. Depois aproximou-se do treinador Artur Jorge, que em lágrimas o informou da morte da mãe de um atleta e pediu ao árbitro para dar o encontro como finalizado.

A informação foi confirmada pelo clube minhoto. O clube informou da morte da mãe do atleta, sendo que o pai do jovem futebolista ficou em estado grave na sequência deste acidente na A1, perto de Condeixa-a-Nova, do qual resultaram ainda mais quatro feridos.

O Benfica já mostrou solidariedade com o jovem futebolista e o Sp. Braga.

O clube do Minho pede ainda que "a privacidade" do jovem atleta "seja preservada e respeitada".

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras