Luis Suárez infetado com covid-19 na seleção do Uruguai

O avançado do Atlético de Madrid falha o reencontro com o Barcelona e a partida desta terça-feira com o Brasil, na qual poderá ser rendido pelo benfiquista Darwin Núñez.

O avançado Luis Suárez está fora da seleção do Uruguai que esta terça-feira, em Montevideu vai receber o Brasil, em jogo de qualificação para o Mundial 2022. O jogdor do Atlético de Madrid está infetado com covid-19, razão pela qual falha esta partida, mas também o reencontro com o Barcelona, no próximo sábado.

A federação uruguaia anunciou que, além de Suárez, também o guarda-redes Rodrigo Muñoz e o assessor de imprensa Matías Faral também tiveram testes positivos, pelo que todos estão em isolamento, embora tenha garantido que estão todos assintomáticos.

A ausência de Luis Suárez pode abrir a porta da titularidade ao benfiquista Darwin Núñez, que marcou um dos golos do triunfo frente à Colômbia. Isto a avaliar pelos elogios que o avançado de 21 anos mereceu por parte do selecionador Oscar Tabárez. "Ele passou por todas as etapas desde as seleções mais jovens até ao futebol mais exigente. Enfrentou situações muito complicadas, mas teve apoio e mostrou trabalho", começou por dizer o técnico uruguaio.

"Vi nele um crescimento no Almería, que foi uma etapa crucial, mas as coisas que o vi fazer no Benfica surpreenderam-me. Não pensava ver tanta coisa junta no jogo em que marcou três golos", frisou Tabárez, admitindo que o jogador encarnado "tem de melhorar, sobretudo do ponto de vista tático e das tarefas que lhe possam ser atribuídas". "É forte a jogar em velocidade, é resistente e cada vez usa melhor o remate. É um jovem de 21 anos em fase de maturação. Está no caminho certo e fico muito contente por ele, especialmente pela pessoa que é", sublinhou.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG