Líder do Real Madrid quer que seja Ronaldo a assumir a saída

Florentino Perez não quer ficar como o mau da fita nesta história

O atual impasse na mais do que provável transferência de Cristiano Ronaldo para a Juventus não se deve a questões financeiras mas sim à forma de comunicar a saída do melhor goleador da história do Real Madrid. Florentino Perez não quer ficar na história como o presidente que empurrou CR7 para fora do Santiago Bernabéu e espera que seja Ronaldo a assumir publicamente a vontade de sair.

Segundo informações veiculadas pelos media espanhóis e italianos, este é o principal motivo de "atraso" numa transferência cuja oficialização chegou a ser aventada para este fim-de-semana. O Real Madrid não estará a gostar da forma como está a ser transposta para a opinião pública a saída de Cristiano Ronaldo, atirando o ónus dessa saída para Florentino Perez e para a forma como o presidente merengue geriu a situação do avançado ao longo dos últimos meses - recusando o aumento salarial que teria sido prometido e assumindo publicamente um "namoro" a Neymar.

O jornal AS diz que Florentino Perez quer que seja, por isso, o capitão da seleção portuguesa a vir a público assumir a vontade de sair do Real Madrid, para então aceitar a sua transferência por 100 milhões de euros. Caso contrário, o líder do clube espanhol está na disposição de complicar a saída. É este o braço de ferro atual. Mais do que dinheiro, Florentino quer ficar bem na fotografia. Se isso for possível nesta altura.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG