Leonel Pontes: "Vamos procurar ganhar, mesmo estando numa fase de reconstrução"

O treinador do Sporting assumiu que a sua equipa tem de assumir "a vontade de ganhar" na Holanda frente ao PSV. "Eles não podem ser melhores que nós", frisou.

Leonel Pontes assumiu que o Sporting vai apresentar-se esta quinta-feira em Eindhoven para "tentar ganhar" ao PSV "mesmo estando numa fase de reconstrução", para que dessa forma possa entrar da melhor forma na fase de grupos da Liga Europa.

"O PSV é um dos candidatos a passar a fase de grupos e nós temos de assumir também esse papel", assumiu, lembrando que "nos jogos de futebol não entram orçamentos e o passado". "Já assistimos a equipas perderem em jogos quando estão em bons momentos. Por isso, vai depender de como encararmos o jogo perante uma equipa com grande poder ofensivo e algumas debilidades defensivas", assumiu, repetindo a ideia que norteia os leões: "Estamos numa fase de reconstrução, de aquisição de novas dinâmicas, mas vamos tentar criar algumas surpresas."

Leonel Pontes admitiu os leões "não têm os títulos do PSV na Europa", mas deixou a certeza que ninguém se pode "esquecer da história do Sporting". "A partir do momento em que entramos em campo temos de lutar pelos nossos objetivos, assumir a vontade de ganhar e eles não podem ser melhores que nós. Não podemos ter medo de uma equipa com números importantes esta época, sobretudo sob o ponto de vista ofensivo", frisou o treinador leonino.

O técnico admitiu que "não é fácil" este período que o Sporting está a atravessar devido aos jogos sucessivos e à falta de tempo para treinar. "Temos procurado envolver os jogadores num compromisso, sobre a mudança da forma de jogar, depois é, no tempo que temos disponível, treinar no campo com menos intensidade. Por isso não podemos desviar nos das nossas ideias para que possamos evoluir em jogo", explicou.

Uma das novidades na convocatória do Sporting é Pedro Mendes, avançado dos sub-23 que não pode ser utilizado na I Liga por não estar inscrito. "Uma das primeiras decisões que tomámos foi inscreve-lo na Liga Europa, mas não foi possível inscrevê-lo no campeonato porque as inscrições já tinham fechado. Não é o melhor contexto para o Pedro Mendes, mas é uma janela de oportunidade para ele e também para mostrar aos outros que estão atrás dele que podem ter a sua oportunidade na equipa principal", justificou.

O defesa-central Luís Neto admitiu que o Sporting "não tem o melhor registo defensivo", mas lembrou que isso "não tem a ver só com a defesa, mas com toda a equipa". "Queremos mudar este registo, temos consciência que podemos fazer melhor. Tem sobretudo a ver com faltas de atenção em momentos chave, quando parecemos mais confortáveis nos jogos. Estamos a trabalhar sobre isso e sabemos que temos de melhorar", frisou.

Sobre a mudança de treinador, o internacional português fez questão de dizer que não afetou a equipa: "Jogando ao mais alto nível temos de estar preparados para as mudanças. Como tal, temos de dar a melhor resposta. Não mexeu com o grupo porque todos sabem que no futebol qualquer equipa está sujeita a isso." "O Sporting tem de encarar todos os jogos para ganhar, sem união não teremos sucesso, por isso digo que o grupo está unido e saudável, a encarar as dificuldades de frente. Vamos tentar dar já uma resposta neste jogo para dar alegria aos adeptos e começar bem a competição", disse.

Van Bommel: "O Sporting marca muitos golos"

Mark van Bommel, treinador do PSV Eindhoven, afirmou que espera "marcar golos" ao Sporting, mas rejeitou que a sua equipa seja favorita para a partida desta quinta-feira. "Não podemos falar de favoritos. É verdade que temos muita qualidade ofensiva e que temos estado a melhorar de jogo para jogo. Tentamos marcar muitos golos em todos os jogos e espero marcar golos também amanhã. O Sporting pode ter sofrido golos em todos os jogos, mas também marcam muitos", realçou o antigo médio internacional holandês.

O técnico do PSV admitiu que a mudança no comando técnico do Sporting dificultou a preparação para a partida. "O Marcel Keizer já lá não está, por isso temos que analisar tão rapidamente quanto possível o adversário, e fizemo-lo. Mas em geral olhamos para nós, para a forma como queremos jogar, e a nossa filosofia é preparar o nosso próprio jogo. Temos em mente o adversário, mas isso não é o mais importante", disse, confirmando que não poderá contar com os médios Érick Gutiérrez e Gastón Pereiro devido a lesões..

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG