Luís Filipe Vieira: "Esta é uma da vitórias mais saborosas de sempre"

O Benfica levou a taça de campeão à Câmara Municipal de Lisboa, onde o presidente encarnado destacou a importância desta conquista, assumiu que Bruno Lage ficará "muitos e bons anos" no clube e apontou à "hegemonia em Portugal" e à "luta por uma prova europeia".

O Benfica foi esta segunda-feira recebido em euforia na Câmara Municipal de Lisboa, onde foi homenageado pela conquista do 37.º título de campeão nacional. Milhares de adeptos juntaram-se na Praça do Município à espera de celebrar com os jogadores, mais uma vez.

Antes da apoteose na varanda dos Paços do Concelho, Fernando Medina, presidente da autarquia lisboeta, deu os parabéns aos encarnados, começando o seu discurso com a frase "o campeão voltou", destacando a "crença, resiliência e união" da equipa na caminhada até à conquista do campeonato.

O presidente do município deixou ainda uma palavra ao treinador campeão: "Bruno Lage mostrou ser o homem que jogadores e adeptos precisavam. A sua simplicidade conquistou os muitos milhões que não o conheciam. A sua postura fora do relvado é merecedora do título aqui celebrado."

Mas foi o discurso de Luís Filipe Veira, presidente do Benfica, que arrancou os maiores aplausos entre os adeptos e convidados de Medina. "Esta é uma das vitórias mais saborosas de sempre para todos nós", assumiu o líder benfiquista, destacando que esta foi "uma vitória clara que premeia a melhor equipa". "Ganhámos por nós e para nós. A reconquista foi feita", acrescentou.

Vieira destacou a "maré vermelha em todo o Portugal, na lusofonia e um pouco por todo o mundo", que em sua opinião "nos momentos mais difíceis tornaram a equipa mais fortes e coesa".

O presidente do Benfica destacou ainda que este título foi também "a vitória na aposta no futuro" e no projeto que há muito defende na aposta nos jogadores da formação. E nesse sentido fez questão de "elogiar todos os treinadores de todos os escalões" do clube, garantindo que a conquista do título também tem o dedo deles. E depois fez questão de lembrar o treinador que iniciou a época: "Este clube é grato a todos os que serviram, por isso agradeço também ao Rui Vitória pelo que deu ao Benfica."

"Lage por muitos e bons anos"

Mas o foco do líder benfiquista foi depois para os jogadores. "A reconquista foi feita pelo enorme trabalho e talento do nossos jogadores, que deram um belo exemplo de luta, garra e afirmação", disse, virando depois a agulha para o treinador da reconquista: "Quero dar uma palavra ao produto do seixal que é o treinador Bruno Lage. Em nome de todos fica o elogio e testemunho público pelo enorme trabalho realizado. Foi uma aposta certa, mas que é reflexo daquilo que é o trabalho que é realizado no Seixal, com uma estratégia bem definida. Dele destaco o trabalho, a humildade e a enorme dedicação. Lage passa a sua mensagem de uma forma que ninguém fica indiferente, e pelo que disse na festa do Marquês até poderá ser uma ameaça à nossa classe política... mas fiquem descansados que ficará connosco durante muitos e bons anos."

Luís Filipe Vieira deixou ainda uma mensagem para os adeptos: "Continuaremos com o nosso trabalho para festejarmos na capital e no país, somos do povo e uma força de popular. Nos últimos seis anos vencemos cinco vezes a Liga. Só através de aposta forte e clara nos valores do Seixal podemos partir para a conquista europeia, queremos hegemonia em Portugal e lutar por uma prova europeia."

A festa nos Paços do Concelho terminou na varanda, onde os jogadores exibiram o troféu de campeões nacionais perante a loucura dos adeptos. Em mais esta festa benfiquista faltaram, no entanto, três jogadores do plantel, pois Florentino Luís, Gedson Fernandes e Jota viajaram ao início da tarde para a Polónia, onde a seleção de sub-20 vai disputar o Mundial da categoria.

Ler mais

Exclusivos