Do ambiente à educação. Os temas que preocupam Bruno Lage além do futebol

Bruno Lage aproveitou a conquista do 37º título de campeão para deixar vários alertas aos fãs encarnados, desde a importância do fair-play à necessidade de serem exigentes com outros temas da sociedade como são com o futebol.

"Malta, é só para avisar que ninguém vai para casa sem deixar a praça limpa". Foi com um apelo à consciência ambiental dos adeptos que o técnico Bruno Lage iniciou o discurso na praça Praça Marquês de Pombal, em Lisboa, na festa do 37º título de campeão português do Benfica. Em cima do palco, o treinador dos encarnados aproveitou também para pedir uma mudança de mentalidades no futebol português e surpreendeu ao falar de temas como educação e saúde. Uma lição de cidadania.

Depois de elogiar o trabalho dos jogadores e o apoio dos adeptos, Bruno Lage disse que estava na altura de começar "a dar mérito a quem ganha", apelando ao espírito desportivo dos encarnados. "Tem que partir de nós, do nosso exemplo, começar a olhar para os nossos adversários e, quando eles ganharem, também lhes dar mérito. Só assim é que também eles vão começar a dar-nos mérito", afirmou o técnico.

Ao longo da época, Bruno Lage destacou-se por ter um discurso diferente nas conferências de imprensa, nas quais explicava abertamente as suas decisões e os processos que conduziam às mesmas. Chegou, inclusive, a fazer analogias entre a vida pessoal e desportiva, com referências ao canal Panda, o preferido do filho, para dar lições sobre futebol. Agora, voltou a surpreender ao trazer outros temas à festa ao título.

Aproveitando a presença de milhares de adeptos no Marquês, o treinador encarnado, de 43 anos, sublinhou que é preciso "perceber que o futebol é apenas o futebol" e que "há coisas mais importantes na nossa sociedade e no nosso país pelas quais temos que lutar".

"Se vocês se unirem e tiverem a força e a exigência que têm com o futebol nos outros aspetos do nosso Portugal, da nossa economia, da nossa saúde, da nossa educação, vamos ser um país melhor", apontou Bruno Lage.

O técnico, que assumiu o comando do Benfica quando o clube se encontrava a sete pontos do líder FC Porto, pediu ainda aos adeptos que se unam para "reconquistar os valores de Portugal".

Apesar do apelo do treinador encarnado, os adeptos não deixaram a "praça limpa". Este domingo de manhã, a Câmara Municipal de Lisboa fez uma publicação no Facebook, mostrando o estado em que se encontrava o local quando "foi a vez da equipa da Higiene Urbana da Câmara Municipal de Lisboa entrar em campo".

"Um agradecimento especial a estes homens e mulheres que rapidamente, e com enorme profissionalismo, realizaram a limpeza do local", escreveu a autarquia, que publicou várias fotos dos trabalhos de limpeza do Marquês de Pombal no rescaldo da festa do título.

Ler mais

Exclusivos