Cabeça de Umtiti bate Bélgica e põe França na final

Os franceses vão disputar a sua terceira final de um campeonato do Mundo.

A França derrotou a Bélgica por 1-0, esta terça-feira, em encontro das meias-finais disputado no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo. O único golo do encontro foi apontado de cabeça por Umtiti aos 51 minutos na sequência de um canto.

Depois da final no Europeu 2016, a equipa de Deschamps conseguiu garantir agora a final do Mundial mostrando que o que aconteceu há dois anos não foi obra do acaso. Num jogo que valia um bilhete para a final entre duas seleções que têm sido protagonistas do futebol ofensivo. Houve Hazard, houve Mbappé, mas também estiveram em evidência os dois guarda-redes.

A primeira oportunidade de golo coube a Eden Hazard (15') que aproveitou uma perda de bola da defesa francesa para rematar cruzado para a baliza de Lloris. O tiro saiu ligeiramente ao lado. A resposta surgiu por Matuidi de meia distância a pôr à prova Courtois. O jogo continuou aberto, equilibrado e as oportunidades dividiam-se. Mas nada que fizesse alterar o marcador até ao intervalo.

A segunda parte começou com o golo da França e, num lance de bola parada, à semelhança de 46 por cento dos golos desta prova. Griezmann marcou o canto na esquerda e Umtiti antecipou-se à marcação de Fellaini, cabeceando para o fundo da baliza.

Depois foi tempo dos gauleses recuarem, fecharem-se e saírem em transições rápidas. A Bélgica tinha mais posse de bola mas não conseguia entrar na área contrária como o selecionador Roberto Martínez queria. Faltou aos belgas a racionalidade demonstrada pelos franceses. E num momento em que se esperava o sufoco de quem estava em desvantagem, foi a equipa de Deschamps a estar perto de fazer o 2-0. Giroud e Tolisso bem tentaram, mas Courtois lá estava para manter a diferença no marcador. De nada lhe valeu, porque faltou fôlego aos homens da frente e o encontro acabou por 1-0.

Este resultado leva a França à sua terceira final num Mundial, depois de 1998 e 2006. Já a geração de ouro belga vê mais uma vez a sua afirmação mundial adiada.

Esta quarta-feira, Croácia e Inglaterra decidirão, a partir das 19.00, quem fará companhia à França na grande final da prova.

Ler mais

Exclusivos