Europeu de hóquei: Portugal sofre mas vence França (5-4)

Gauleses estiveram a ganhar por 4-1 mas Portugal, que não perde com a França desde 1932, reagiu bem e, assim, vai defrontar, nos quartos-de-final, a Inglaterra esta sexta-feira às 21.00

Desde 17 de maio de 1932 que Portugal não perdia com a França em hóquei em patins. E nesta quinta-feira ia acontecendo, mas uma ponta final de revolta lusitana impediu o o escândalo na Corunha, cidade espanhola que acolhe o Europeu da modalidade.

Portugal termina a primeira fase da prova no primeiro lugar do seu grupo, à frente da França, e defronta na noite desta sexta-feira (21.00) a Inglaterra, quarta classificada do grupo B, em jogo dos quartos-de-final do Campeonato da Europa.

Logo no primeiro minuto Le Roux marcou para a França, João Rodrigues empatou aos 12' mas no mesmo minuto Di Benedetto fez o 2-1 e logo a seguir Remir apontou o 3-1. Este era o resultado ao intervalo e ainda ficou pior quando Carlo Benedetto fez o 4-1 aos 35'.

Portugal reagiu bem e Gonçalo Alves, de penálti, dois golos de João Rodrigues, que terminou com um hat-trick reforçando a liderança dos marcadores, e mais um de Diogo Rafael estabeleceram o resultado em 5-4 e impediram um enorme escândalo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...