Grande golo de Kompany deixa City mais perto do título de campeão

Equipa de Bernardo Silva venceu o Leicester e é líder com mais um ponto do que o Liverpool a uma jornada do fim do campeonato inglês. Triunfo domingo diante do Brighton vale o troféu.

O Manchester City recebeu e venceu esta segunda-feira o Leicester, por 1-0, resultado que permitiu à equipa onde atua o português Bernardo Silva reassumir o comando da liga inglesa quando falta apenas uma jornada para o final do campeonato, somando agora mais um ponto do que o Liverpool (95/94). Este triunfo da equipa de Guardiola beneficiou também o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo, que assim tem já o sétimo lugar assegurado matematicamente e pode ainda entrar na fase preliminar da Liga Europa.

O City controlou quase sempre o jogo, mas só na segunda parte intensificou mais a pressão e criou as melhores oportunidades de golo, apesar de em lances de contra-ataque o Leicester (Ricardo Pereira foi titular e um dos melhores em campo) ter criado perigo, como num remate de Maddison, aos 63'. Aos 70', contudo, o City marcou através de um herói improvável, com o central Kompany a encher o pé de fora da área e a bater Kasper Schmeichel. Foi o primeiro golo de Kompany esta temporada, e que pode ser decisivo para a atribuição do título.

A decisão do título de campeão inglês está assim reservada para o próximo domingo, com os jogos da 38.ª e última jornada todos agendados para as 15.00 horas. City ou Liverpool, um deles vai coroar-se campeão, sendo certo que neste momento a equipa de Pep Guardiola está em vantagem, pois depende apenas de si. O mesmo é dizer que em caso de vitória celebra o título de campeão inglês.

A confirmar-se, será o segundo título consecutivo do Manchester City, depois do triunfo no ano passado. Já os reds estão há 29 anos sem conquistar o troféu. O último título foi na época 1989/90, era a equipa treinada por Kenny Dalglish e tinha jogadores como Ian Rush, John Barnes, Jan Molby, Steve Staunton e Bruce Grobbelaar na baliza.

No próximo domingo, o Manchester City desloca-se ao campo do Brighton, equipa que ocupa o 17.º posto, mas que já está a salvo da descida de divisão (os clubes despromovidos são o Huddersfield, Fulham e Cardiff). Já o Liverpool recebe em Anfield o Wolverhampton do português Nuno Espírito Santo, que como já foi dito anteriormente, tem o sétimo lugar já confirmado na liga inglesa, mas que esta temporada tem feito bons resultados contra os clubes do topo da tabela.

Se o City ganhar é automaticamente campeão, mas pode dar-se o caso de as duas equipas terminarem o campeonato com o mesmo número de pontos, se, por exemplo, o conjunto de Guardiola perder e o Liverpool empatar. Na liga inglesa, o critério de desempate é o saldo entre golos marcados e sofridos. E neste campo o City está em vantagem (tem mais quatro golos do que a equipa de Jürgen Klopp). Num cenário de as duas equipas terminarem igualadas também na diferença de golos, vence a que tiver mais golos marcados. Se mesmo assim estiverem iguais será realizado um jogo entre os dois clubes.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.