"Merci, monsieur Mathieu!" Francês confirma fim da carreira devido a lesão grave no joelho

Defesa central do Sporting tem 36 anos, estava em final de contrato e despede-se por força de uma lesão grave no joelho. Venceu a Champions pelo Barcelona em 2014-15

"É difícil despedir-me assim. Queria jogar em casa um último jogo. Mas, bom, a vida continua. Foi um prazer vestir esta camisola, um prazer jogar com vocês e desfrutar cada momento". Foi assim que Mathieu se despediu dos colegas de equipa, segundo o clube leonino. O defesa central francês Jérémy Mathieu decidiu terminar a carreira futebolística, aos 36 anos, após ter-lhe sido diagnosticada uma lesão grave no joelho esquerdo.

Na quarta-feira, o Sporting revelou que o defesa francês sofreu uma lesão de alto grau do ligamento colateral medial do joelho esquerdo, durante um treino, antecipando o fim da temporada para o jogador, que terminava contrato com o clube. A ligação ao Sporting terminava assim precocemente e numa altura em que se especulava se ia continuar por mais um ano ou terminar a carreira, algo que acabou por acontecer por força de uma lesão.

O jogador reagiu nas redes sociais e admitiu o pior cenário. "Pensava terminar a minha carreira de outra forma, mas faz parte do futebol. Lesionei-me esta manhã num duelo. Queria tanto terminar dentro do relvado, mas o destino decidiu de outra maneira. De qualquer forma, passei 19 anos a viver a minha paixão intensamente, com altos e baixos, alegria e choro, vitórias e derrotas e troféus incríveis. Diverti-me muito a fazer o que amo e sempre amarei", escreveu o defesa numa conta de Facebook privada.

Mathieu chegou ao Sporting em 2017-18, proveniente do Barcelona, ao serviço do qual conquistou a Liga dos Campeões de 2014-15, duas Ligas espanholas, três Taças do Rei e uma Supertaça de Espanha, assim como a Supertaça Europeia e o Mundial de clubes de 2015. Antes, alinhou durante cinco temporadas no Valência e quatro no Toulouse, depois de ter cumprido a formação e chegado a sénior no Sochaux, clube com o qual ergueu uma Taça da Liga francesa.

Em Portugal, as lesões foram-no atormentando, mas não impediram que se tornasse no patrão da defesa leonina, tendo conquistou duas Taças da Liga e uma Taça de Portugal, com a camisola dos leões, que vestiu 106 vezes, tendo marcado nove golos. Esta época Mathieu alinhou em 25 jogos em todas as competições pelos leões, apontando três golos.

"O Sporting foi, então, o último clube que monsieur Mathieu representou em quase 20 anos de carreira e o último encontro foi em Alvalade, na passada quinta-feira, diante do Tondela (2-0). O central merecia despedir-se do Sporting e do futebol no relvado, com os sportinguistas a aplaudirem-no de pé, mas o destino assim o quis", elogiou o clube em comunicado, terminando com um: "Merci, monsieur Mathieu!",

Sem a despedida desejada, o francês, que vestiu a camisola da seleção fancesa cinco vezes, deixou um desejo ao clube: "Espero que ganhemos todos os jogos até ao final do campeonato e que para o ano o Sporting seja campeão."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG