Florentino Perez aproveita aniversário para fazer as pazes com Sergio Ramos

Dia do 72.º aniversário de Florentino Perez aproveitado pelo presidente do Real Madrid para voltar a conversar com Sergio Ramos. Relações entre dirigente e o capitão da equipa ficaram mais calmas após afastamento da Liga dos Campeões

Florentino Perez e Sergio Ramos fizeram as pazes esta sexta-feira depois de terem mantido uma forte discussão no balneário do Real Madrid na terça-feira após a eliminação do clube da Liga dos Campeões. Nessa noite, os espanhóis perderam em casa por 4-1 com o Ajax (3-5 nas duas eliminatórias), foram afastados da principal competição europeia de clubes e o presidente madrileno foi ao balneário criticar os jogadores e acusá-los de falta de dedicação e de excesso de folgas.

Em resposta o capitão, que não jogou pois estava a cumprir um jogo de castigo, dirigiu-se ao dirigente e acusou a direção de ter planificado mal a temporada, acrescentado que se o clube lhe pagasse ir-se-ia embora. Uma troca de palavras que aconteceu em frente aos jogadores que tinham sido convocados.

Agora, segundo conta o diário ABC, o ambiente no Real Madrid deve ganhar alguma tranquilidade pois os dois falaram esta sexta-feira. Aproveitando o aniversário de Florentino Perez conversaram e terão chegado à conclusão que estavam os dois sob pressão devido ao afastamento da prova.

Florentino, que tem sido muito contestado esta temporada pelos adeptos, falou com o capitão sobre a atitude que teve em convocar o plantel para uma reunião no balneário onde terá exigido aos companheiros uma entrega total no campeonato para conseguir terminar a prova na segunda posição - neste momento são terceiro com 48 pontos, a cinco do Atlético de Madrid (53) e a 12 do Barcelona (60).

O presidente, de acordo com o ABC, terá valorizado essa atitude de Sergio Ramos que ainda pediu aos jogadores que não coloquem a sua situação pessoal à frente das decisões do treinador sobre quem joga, na tentativa de evitar situações como a de Isto que ao saber que não tinha sido convocado para jogar com o Ajax recusou sair do centro de estágio do Real no autocarro da equipa, usou o seu carro particular e nem foi ao Estádio Santiago Bernabéu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG