Final da Champions na Luz. A sexta orelhuda do Bayern

Um golo de Coman (59") foi suficiente para o 6.º título europeu do Bayern de Munique, na final da Luz. O PSG tentou, mas ficou curto (0-1).

O Bayern de Munique é campeão europeu. Pela sexta vez, igualando o Liverpool, ficando apenas atrás do AC Milan (7) e Real Madrid (13). Um golo do francês Coman foi suficiente para bater o Paris Saint-Germain (59"), após um passe de "sniper" de Kimmich.

Neuer foi intransponível, o Bayern conseguiu resistir às provocações competitivas do PSG, graças ao seu guarda-redes e apesar do homem-golo Lewandowski não ter conseguido somar mais golos a uma carreira brilhante (55 golos na temporada, 15 em 10 jogos da Champions - falhou um, poupado na fase de grupos).

Com 43 golos em 11 jogos, o Bayern é o campeão mais prolífico da história da competição, com uma média de 3,9 golos / jogo.

O PSG conseguiu enervar o Bayern durante muito tempo, mais do que provavelmente se esperaria de um uma equipa muito controlada emocionalmente. Mas não conseguiu superar Neuer (gigantesco). Neymar andou um pouco escondido, Mbappé mostrou a ferocidade, Di María foi o melhor.

Na primeira final entre campeões nacionais desde 1998 (Real Madrid 1-0 Juventus), o Bayern de Munique consegue na Luz o 9.º título europeu (6 x campeão europeu, 1 Taça UEFA, 1 Taça das Taças, 1 Supertaça). Um colosso.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG