Fernando Santos duvida que Cristiano Ronaldo possa defrontar a Croácia

O técnico luso pensa que o 'capitão' da seleção luso poderá, no entanto, recuperar a tempo do embate de terça-feira, da segunda jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, frente à Suécia.

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, afirmou nesta sexta-feira ter "dúvidas" que o 'capitão' Cristiano Ronaldo, com uma "infeção no pé", "esteja em condições" para defrontar no sábado a Croácia, no arranque da Liga das Nações.

"A evolução tem sido muito boa. Hoje, ficou no ginásio a fazer o trabalho possível, mas tenho algumas dúvidas que amanhã (sábado) esteja em condições", disse Fernando Santos, em conferência de imprensa.

O técnico luso pensa que o 'capitão' da seleção luso poderá, no entanto, recuperar a tempo do embate de terça-feira, da segunda jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, frente à Suécia, em Solna, nos arredores de Estocolmo.

"O Cristiano treinou muito bem na segunda e na terça-feira, muito bem até, para quem não tinha muitos dias de treino, e, depois, na quarta-feira de manhã, apareceu com uma dor no pé", historiou o selecionador luso.

Fernando Santos especificou que o pé de Ronaldo "começou a ficar encarnado, quente".

"Percebemos logo que não tinha relação com uma lesão, mas era uma infeção que tinha apanhado no pé. Foi logo atacado com antibióticos e, agora, é o antibiótico que vai resolver o problema", explicou.

Desde que começou a tomar o antibiótico, o jogador da Juventus melhorou: "Ele está melhor hoje, isso é inegável. Foi visto por um dermatologista também e esperamos para ver a sua evolução. Tenho muitas dúvidas que amanhã (sábado) esteja a 100%".

"Uma infeção nunca se sabe quando pode ser controlada", disse ainda Fernando Santos, que, em princípio, terá de iniciar a defesa do título da Liga das Nações sem o 'capitão', autor de 99 golos em 164 internacionalizações 'AA'.

A seleção portuguesa de futebol, detentora do título e vencedora do último Europeu, recebe no sábado a Croácia, pelas 19:45, no Estádio do Dragão, no Porto.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG