Fãs multados por festejar aniversário de Messi durante pandemia

A festa pelos 33 anos do futebolista do Barcelona decorria no café quando foi interrompida pelas autoridades do Bangladesh. Os 15 homens foram logo condenados a pagar, cada um, uma multa de pouco mais de um euro.

Quinze homens do Bangladesh foram multados por comemorarem o aniversário da estrela do futebol argentino Lionel Messi em violação do confinamento ditado pelo novo coronavírus.

Magistrados acompanhados de militares invadiram um café na cidade de Damurhuda, na quarta-feira, enquanto os homens, com idades entre 17 e 32 anos, tomavam café e comiam bolo para assinalar o aniversário - Messi fez 33 anos - do futebolista que évisto como um herói no Bangladesh.

Os homens compareceram logo num tribunal móvel na rua e foram multados em 100 taka (cerca de 1,05 euro) cada, disse o magistrado Firaz Hossain. O café foi multado em 62 euros

"Desrespeitaram as regras de distanciamento social e saíram à noite. Violaram a nossa ordem de confinamento", disse Hossain à AFP.

O governo de Bangladesh está gradualmente a facilitar no confinamento em vigor desde março. O país registou oficialmente 1.582 mortes em mais de 122.000 casos, mas especialistas dizem que o número real é muito maior.

O futebol é popular no país, embora muitos adeptos de Bangladesh apoiem equipas ou jogadores estrangeiros.

Zahidul Alam, dono da Old Town Coffee House, onde a festa foi realizada, disse que, apesar de ter que pagar a multa, compreendia os fãs de futebol.

"Não podia simplesmente mandá-los para casa, pois estavam muito animados com o aniversário de Messi", disse Alam à AFP.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG