City estreia-se com goleada. Sterling foi o herói num jogo com muito VAR

Equipa de Guardiola aplicou chapa cinco ao West Ham com os portugueses Bernardo Silva e Cancelo no banco. Sterling fez um hat-trick na segunda parte, num jogo com um golo anulado e um penálti repetido por decisão do vídeoárbitro.

O Manchester City estreou-se este sábado com uma goleada na Liga inglesa 2019-20, com uma vitória expressiva por 5-0 no campo do West Ham, num jogo onde os dois portugueses da equipa de Pep Guardiola não saíram do banco de suplentes e também por vários lances que tiveram de ser apreciados pelo vídeoárbitro, tecnologia que entrou em vigor esta época no campeonato inglês.

O City colocou-se em vantagem aos 25 minutos, com um golo de Gabriel Jesus, no seguimento de uma boa jogada coletiva da equipa, onde sentou um adversário e rematou de pé esquerdo para o fundo das redes. Resultado que se manteve ao intervalo.

No segundo tempo, Sterling marcou o primeiro de três golos aos 51', e dois minutos depois esteve envolvido num lance controverso, quando foi apanhado num fora de jogo milimétrico após fazer o passe para o golo de Gabriel Jesus. O vídeoárbitro entrou em ação e anulou o golo, numa decisão com recurso às linhas de fora de jogo do VAR. Este lance tornou-se no primeiro golo anulado pelo VAR na história da Premier League. E tudo porque o ombro de Sterling estava um pouco adiantado em relação ao defesa do West Ham...

Mas o avançado inglês estava numa tarde verdadeiramente imparável e acabou o jogo com um hat-trick. Pelo meio, Agüero também marcou, de penálti, em mais um lance em que o vídeoárbitro teve de intervir. Lukasz Fabianski defendeu o primeiro castigo máximo do avançado argentino, mas o árbitro mandou repetir a penalidade. E desta vez Agüero não falhou.

O jogo de abertura da Liga inglesa, realizado na sexta-feira à noite, também tinha terminado com cinco golos, com o Liverpool a receber e vencer o recém-promovido Norwich, por 4-1.

O Tottenham, finalista vencido da última edição da Liga dos Campeões, ainda apanhou um susto na receção ao Aston Villa. Esteve a perder, golo de de John McGinn aos 9', mas empatou por intermédio de Tanguy Ndombele, aos 73'. Depois apareceu o insuspeito Harry Kane que com um bis fixou o resultado final em 3-1.

Nas outras partidas da 1.ª jornada da Premier League realizadas neste sábado, o Everton de Marco Silva empatou sem golos no campo do Crystal Palace, numa partida onde o médio português André Gomes saiu lesionado em cima do intervalo e os toffees atuaram com 10 jogadores nos últimos 15 minutos, devido à expulsão de Morgan Schneiderlin. Outros resultados: Bournemouth-Sheffiled United, 1-1; Burnley-Southampton, 3-0 e Watford-Brighton, 0-3.

Exclusivos