Ciclista Ivo Oliveira é campeão da Europa: "Estava farto de segundos lugares"

Ciclista português conquistou a medalha de ouro em perseguição individual. É a quinta medalha e o segundo título europeu para o ciclismo português nos europeus, que decorrem na Bulgária.

Ivo Oliveira sagrou-se este sábado campeão da Europa de perseguição individual no europeu de ciclismo de pista coberta, que decorre em Plovdiv, na Bulgária.

Depois de ter sido o segundo mais rápido nas qualificações, Ivo Oliveira deu o segundo título europeu de elites em pista, ao vencer a final em 4.08,166 minutos, batendo Milan por 0,655 segundos.

É a quinta medalha e o segundo título europeu para o ciclismo português nestes europeus. Iuri Leitão conquistou um ouro, uma prata e um bronze, enquanto Maria Martins conquistou uma medalha de bronze.

"Estava farto de segundos lugares. Quando passei à final meti na cabeça que tinha de ser hoje o dia de ganhar a medalha de ouro. Sabia que tinha de gerir bem o esforço e foi o que fiz. Ia olhando pelo canto do olho para controlar o adversário. Também estava a sentir-me bem e a conseguir manter o andamento. Quando ouvi gritar que o italiano estava a quebrar, senti que podia ser o meu dia", confessou o ciclista em declarações à Federação Portuguesa de Ciclismo.

Já o selecionador destacou "Foi um dia em que tudo saiu bem ao Ivo, melhorando a marca pessoal e vencendo a final. O Ivo Oliveira fez uma excelente gestão da corrida, adaptando-se às caraterísticas do adversário e guardando energias para a parte final. Estou extremamente satisfeito com este desempenho que quebra o enguiço dos segundos lugares", congratula-se o selecionador nacional, Gabriel Mendes.

O gémeo Oliveira de uma família de ciclistas

Ivo (e o irmão gémeo Rui) passou do triciclo para a bicicleta num piscar de olhos. Gostava da roupa (equipamento de ciclismo) do irmão mais velho (Hélder) e foi assim que a paixão pelas duas rodas nasceu. Queria tanto competir que o pai o levou a ele e ao irmão ao clube Leões Cabanenses, em Gondomar. Não tinha idade suficiente para competir e por isso ficou-se por umas brincadeiras e umas gincanas. Assim que pode competir ganhou s primeiras medalhas nos infantis.

Ivo Oliveira andou entre o ciclismo de pista e de estrada. Treinado por Vesceslau Fernandes foi depois para o Clube de Ciclismo da Bairrada. Conquistou o primeiro ouro europeu em 2014 (perseguição), ano em que também arrecadou um bronze (omnium) perante o público português. Ainda em 2014, ainda como júnior, foi campeão mundial em perseguição individual.

Esta foi a quarta final do ciclista natural de Vila Nova de Gaia em grandes competições, após a prata nos Mundiais de 2018 e nos Europeus de 2017 e 2018.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG