Bruno de Carvalho pondera processar Frederico Varandas

Em causa está a forma como o presidente do Sporting revelou pormenores do protocolo com o Batuque

Bruno de Carvalho poderá acionar judicialmente o presidente do Sporting, Frederico Varandas, devido à forma "caluniosa e difamatória" como apresentou o protocolo com os cabo-verdianos do Batuque, segundo o qual dava direito de preferência aos leões sonbre sete jovens jogadores.

Esta intenção foi revelada através de um comunicado dos advogados do antigo presidente do Sporting. "A forma como Frederico Varandas apresentou o assunto, parece-nos, salvo melhor opinião, também causadora de manipulação e consequentemente, uma forma para criar na opinião pública um sentimento errado, que consideramos ser caluniosa e difamatória", pode ler-se.

A mesma nota fala também dos próximos passos a seguir pelos advogados de Bruno de Carvalho: "Iremos analisar detalhadamente a conferência de imprensa onde este assunto foi abordado e proceder às decisões jurídicas que considerarmos adequadas."

A terminar deixou ainda uma certeza: "O nosso constituinte aguardará, serenamente, pela conclusão da auditoria forense esperando que lhe seja dado conhecimento das suas conclusões, de forma a poder agir em conformidade, e no que respeita à calúnia e difamação irá atuar junto dos meios ao seu dispor para defesa da honra, dignidade, consideração e bom nome de cidadão."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG