Benfica anuncia reforço do gabinete jurídico

O Benfica contratou os serviços dos advogados João Medeiros, Paulo Saragoça da Matta e Rui Patrício, tendo em conta os vários processos judiciais que os encarnados enfrentam.

Em comunicado, o emblema das águias justifica aquele reforço com "os processos e investigações judiciais em curso" e com a solicitação do advogado João Correia para a "ampliação do apoio jurídico" ao clube, bem como com a necessidade de "total concentração" do presidente e restante direção para a obtenção de "todos os resultados desportivos, económicos e financeiros fixados".

O Benfica revelou a decisão de "implementar um modelo de gestão autónomo das matérias antes mencionadas, o qual, entre outras funções e objetivos, contempla a criação imediata de uma equipa independente de patrocínio judicial e aconselhamento jurídico estratégico, que incluirá, desde já, os advogados João Medeiros, Paulo Saragoça da Matta e Rui Patrício".

Estes causídicos juntam-se à "CSA - Sociedade de Advogados, cuja equipa é composta por João Correia, José Luís Seixas, Pedro Correia e Miguel Lourenço, na condução das matérias jurídicas do Benfica".

"O Benfica reforça, por último, o seu objetivo e fundamento principal com esta deliberação: permitir a total concentração do presidente e da gestão executiva na obtenção dos resultados desportivos, económicos e financeiros fixados", remata o clube.

A SAD do Benfica foi recentemente constituída arguida no processo e-Toupeira, sendo ainda visada nos casos dos e-mails e dos vouchers.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG