Ataque a jogadora do Chelsea nas redes sociais gera revolta

Federação Inglesa alertou a polícia e as empresas de redes sociais depois de um utilizador do Instagram ter insultado e ameaçado Karen Carney

A futebolista inglesa Karen Carney, capitã do Chelsea, foi alvo de um ataque por parte de adeptos na rede social Instagram, após a vitória das londrinas sobre a Fiorentina por 1-0, na Liga dos Campeões.

O utilizador de nome "dzo09", escreveu algumas ameaças à internacional inglesa, que até marcou o único golo dessa partida: "Quantas oportunidades precisam para marcar na segunda parte, suas estúpidas vadias? Espero que tenhas cancro e leucemia e que alguém te viole até à morte."

Outro utilizador, identificado como "benhughes_15" também lançou ameaças a Karen: "Vou violar-te e matar-te."

Carney denunciou essas mensagens, tendo o Instagram já apagado o perfil do autor dos insultos. A jogadora reagiu ao ataque num texto publicado no seu perfil. "Este tipo de abuso é repugnante, totalmente inaceitável e perturbante. Acredito que que as autoridades vão lidar com este assunto da maneira mais correta para que não volte a acontecer a mim ou a outra pessoa."

A Federação Inglesa de Futebol já alertou a polícia e as empresas de redes sociais para que se acabe com este tipo de abusos e ameaças não voltem a acontecer e o selecionador da equipa feminina Phil Neville, antigo defesa do Manchester United, usou também a sua conta de Instagram para repudiar o caso. "Uma mensagem absolutamente vergonhosa enviada a uma das minhas jogadoras", escreveu, publicando os insultos.

Em comunicado, a federação garantiu que encara este tipo de assuntos de "forma extremamente séria" e como tal está "a oferecer todo o apoio a Karen". "O insulto de jogadoras nas redes sociais é uma séria preocupação e por isso alertámos a polícia e as organizações de redes sociais para que possam acabar com este problema que está a crescer".

O Chelsea também denunciou o caso da sua jogadora e até Maurizio Sarri, treinador da equipa masculina dos londrinos, se mostrou indignado com esta situação. ""Vi o jogo com a Fiorentina e posso dizer que ela é um médio muito bom. O que posso dizer sobre a situação é que é inaceitável. É nojento" , atirou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Manchester United, que se realiza este sábado em Stamford Bridge.

Karen Carney, de 31 anos, joga como médio e representou a seleção inglesa em 133 ocasiões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG