Apurado. Frederico Morais leva o surf português aos Jogos Olímpicos

A modalidade entra nos Jogos de 2020 em Tóquio e Portugal já garantiu o apuramento através de Frederico Morais. "Momento histórico", diz a Federação Portuguesa de Surf.

O surfista português Frederico Morais garantiu o apuramento para os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, em que o surf será pela primeira vez uma modalidade participante. A qualificação ficou garantida esta manhã, quando Morais assegurou ser o melhor europeu nos Mundiais que decorrem no Japão, o que vale o apuramento.

O apuramento já foi confirmado pelo Comité Olímpico Português. "O surfista Frederico Morais é o mais recente atleta português a conquistar vaga nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, com a classificação de melhor europeu já virtualmente assegurada nos 2019 ISA World Surfing Games, ainda a decorrer em Miyazaki, no Japão", lê-se no site do COP.

Com este apuramento, sobe para oito o número de modalidades que a equipa de Portugal levará a Tóquio no verão de 2020, entre 24 de julho e 9 de agosto. O COP diz que que já estão asseguradas presenças em Atletismo, Canoagem, Equestre, Natação, Surf, Ténis de Mesa, Tiro com Armas de Caça e Vela.

Em declarações à TSF, o presidente da Federação Portuguesa de Surf, João Aranha, disse que se trata de um momento histórico da modalidade: "Isto é um momento histórico, porque conseguimos a primeira vaga no primeiro momento de qualificação possível em termos da Federação Mundial de Surf. Foi um momento histórico em Portugal. Se pensarmos bem, só vão dez países aos Jogos Olímpicos e, neste momento, Portugal é, para além da França, o único país da Europa que já está qualificado", afirmou.

Exclusivos