Americano, filho de italiano e com nome sueco por causa de Bjorn

Bjorn Fratangelo ficou pelo qualifying, mas causou sensação no Estroil Open por causa de Bjorn Borg, que também esteve em Portugal, mas na semana passada em turismo.

Bjorn Fratangelo já anda há alguns anos no circuito ATP, mas ainda assim há sempre quem fique surpreendido quando sabe de sua história. Para começar não tem nenhum laço familiar a Bjorn Borg, mas há quem ache que sim. E esta semana a confusão foi ainda maior porque os Bjorn quase se esbarraram no Estoril.

Fratangelo é um tenista americano de 25 anos que nasceu em Pittsburgh (EUA), que recebeu o nome do sueco por causa do pai italiano, fã incondicional de Bjorn. Esta semana veio jogar o Estoril Open e houve quem pensasse que se tratava do filho da lenda sueca... que por este dias passeou pelo Estoril, Cascais e Lisboa.

Uns bons 37 anos depois de jogar um torneio de exibição em Cascais ao lado do malogrado Vitas Gerulaitis, Paul McNamee e Rolf Gehring, Borg voltou com a sua família (a esposa Patrícia e filho Leo, que fez do pai como jovem adolescente no filme do Borg vs McEnroe).

Sabendo disso, e depois de Fratangelo lhe contar porque se chama Bjorn, Miguel Seabra, da comunicação do Estoril Open, ainda os tentou juntar, mas quando o sueco lhe respondeu à mensagem já tinha deixado Portugal.

Fratangelo é um dos habituais no open português, que se joga no Clube de Ténis do Estoril até dia 5 de maio. Em 2017 foi o responsável pela eliminação de João Sousa na primeira ronda do torneio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG