Aeroportos abertos de madrugada para receber adeptos da Liga das Nações

Os aeroportos do Porto e de Lisboa vão poder receber aviões durante a madrugada entre os dias 4 e 10 de junho. Uma exceção à proibição de voos entre as 00.00 e as 06.00 devido à realização da fase final da Liga das Nações no norte do país.

Durante seis dias os aeroportos Francisco Sá Carneiro (Porto) e Humberto Delgado (Lisboa) vão poder operar durante a madrugada desde que os voos estejam relacionados com a Liga das Nações em futebol, cuja fase final, envolvendo as seleções de Portugal, Suíça, Holanda e Inglaterra, está marcada para os estádios do Dragão (Porto) e D. Afonso Henriques (Guimarães).

Esta decisão dos ministérios das Infraestruturas e Habitação e Ambiente e Transição Energética, publicada esta terça-feira em Diário da República, constitui uma exceção aos regulamentos europeus que proíbem aterragens e descolagens entre as 00.00 e as 06.00 devido ao ruído que estas operações implicam.

No documento, o Governo justifica o caráter excecional desta medida com o facto de "se tratar de um evento importante relativamente ao qual o Governo Português expressou o seu apoio, com impacto favorável na economia local e em receitas de turismo e cujo sucesso se repercutirá favoravelmente na imagem do País".

Explicando que os movimentos aéreos têm de incluir a referência ao transporte de passageiros para este evento para serem autorizados a aterrar num dos dois aeroportos, a Portaria n.º 156/2019 acrescenta que a inclusão da aerogare de Lisboa nesta exceção se deve ao facto de ser necessário "acautelar a eventualidade de o aeroporto Francisco Sá Carneiro não conseguir acomodar todos os voos esperados".

Também razões de segurança levaram à disponibilização dos dois aeroportos pois é aconselhável haver a separação de adeptos: "Razões de segurança aconselham a que se proceda à segregação de adeptos, pelo que a utilização de mais do que um aeroporto é suscetível de facilitar tal tarefa, podendo, assim, distribuir-se os voos consoante a sua proveniência, contribuindo igualmente para aumentar a oferta de voos de regresso, que permitem escoar os adeptos para a sua origem o mais rápido possível, evitando ainda a sua permanência por períodos prolongados junto ao estádio ou mesmo no aeroporto, em situações que, não raras vezes, são propícias à ocorrência de conflitos ou distúrbios que afetam a ordem pública."

As meias-finais da Liga das Nações estão marcadas para 5 e 6 de junho: Portugal-Suíça (dia 5 às 19.45 no Estádio do Dragão) e Holanda-Inglaterra (a 6 às 19.45 no Estádio D. Afonso Henriques). A 9 de junho terá lugar em Guimarães, às 14.00, o jogo de atribuição do terceiro lugar e no mesmo dia terá lugar a final, no Porto às 19.45.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG