Verstappen na pole position para o Grande Prémio britânico

Piloto holandês venceu corrida ao sprint que lhe vale a primeira posição na corrida de domingo.

O holandês Max Verstappen (Red Bull), venceu a primeira corrida classificatória da história da Fórmula 1 este sábado e com isso vai partir da pole position no Grande Prêmio do Reino Unido, domingo, no circuito de Silverstone.

Depois de largar da segunda posição, Verstappen, que lidera o mundial de pilotos, ultrapassou Lewis Hamilton (Mercedes), atual vice-líder, antes de manter a liderança nas 17 voltas neste novo formato testado na F1.

Os dois pilotos vão iniciar na primeira fila a corrida, que terá 52 voltas.

"Estávamos pressionando muito um ao outro porque os pneus estavam muito quentes", disse Verstappen. "Começámos muito bem e depois tivemos que gerir os pneus até ao fim", explicou Verstappen, que tinha bolhas nos pneus, assim como Hamilton.

"Temos de ter a certeza de que faremos o mesmo amanhã", disse este.

Graças a esta corrida de 100 quilómetros completada em 25 minutos, Verstappen alcançou sua quarta pole consecutiva e a oitava de sua carreira.

Além disso, soma três pontos no Mundial, enquanto Hamilton dois e Valtteri Bottas (Mercedes), 3º colocado, um ponto. O jovem piloto da Red Bull agora tem 33 pontos de vantagem sobre Hamilton antes da 10ª prova de um campeonato que tem 23.

Com este resultado, Hamilton, heptacampeão mundial, segue com 100 poles, um recorde, desde a última, conquistada em maio em Espanha. Em termos de vitórias em Grandes Prémios, Hamilton segue com uma série de cinco corridas consecutivas sem subir ao topo do pódio.

'Sir Lewis' tinha alcançado o melhor tempo das classificações "clássicas" na sexta-feira, mas precisava confirmar ao vencer esta inédita corrida classificatória.

Com este formato, a F1 procura renovar-se oferecendo um evento por dia durante todo o fim de semana (classificações-sprint-Grande Prêmio). Muitos especialistas, fãs dirigentes de equipa e até pilotos não estão convencidos com o novo formato.

O veterano Fernando Alonso (Alpine), de 39 anos, partiu para o sprint do 11º lugar e ganhou seis posições nas primeiras curvas, mas acabou perdendo o ritmo e terminou em sétimo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG