Veron oficializado no FC Porto com recados de Pinto da Costa

Avançado de 19 anos chega do Palmeiras. Assinou até 2027 e vai usar o 7 que era de Luis Díaz. Presidente lembrou que "o clube é gerido de dentro para fora e não de fora para dentro" e que está a ser construído um plantel à imagem de Sérgio Conceição.

FC Porto oficializou esta sexta-feira Gabriel Veron como reforço para a época 2022-23. O avançado de 19 anos assinou até 2027 e vai vestir a camisola 7 dos dragões, que na temporada passada foi usada por Luis Díaz (saiu para o Liverpool em janeiro). O passe do ex-Palmeiras custou 10,2 milhões de euros, sendo que o clube de Abel ficou com 10% do passe.

Veron foi apresentado por Pinto da Costa numa pomposa cerimónia no Estádio do Dragão. "Estou a sentir-me muito honrado por estar num clube tão grande como o FC Porto. O estádio é top. Quero entrar em campo e mostrar o que sei", afirmou o jovem avançado, que acredita ter feito uma "ótima escolha" para dar seguimento à carreira, uma vez que "o FC Porto é o maior clube de Portugal".

Segundo o brasileiro, quando ouviu a proposta do FC Porto "não quis ouvir mais nenhuma". E claro que se aconselhou com Abel Ferreira: "Espero um campeonato muito forte e difícil. Falou bem do mister [Sérgio Conceição]. Disse-me que ia encontrar um treinador excelente, que é um ídolo também para ele. O Abel deixou bem claro de que ele [Sérgio Conceição] era bem mais exigente do que o próprio Abel. Quando alguém é exigente é porque quer o teu bem, assim como Abel queria para mim. Isso vai ajudar-me dentro de campo, mas também fora dele."

Na apresentação de Veron, Pinto da Costa, garantiu que está em sintonia com Sérgio Conceição no que toca a reforços. "Este [jogador] tem o aval e o desejo do treinador em tê-lo nas suas fileiras. Ele agora tem de provar que estamos certos. Estou confiante de que acertámos mais uma vez", disse o presidente portista, revelando que a estrutura está a "montar um plantel com as vontades do treinador". Até porque "não fazia sentido contratar um jogador que ele [Sérgio Conceição] não tivesse avalizado e não gostasse de ter no plantel".

O líder portista afirmou ainda que a saída de Francisco Conceição para o Ajax, por cinco milhões de euros, "é um assunto encerrado" e lembrou aos críticos e também aos rivais que "o clube é gerido de dentro para fora e não de fora para dentro".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG