José Roquette: "Próxima época está em causa"

Antigo presidente do Sporting falou sobre o momento conturbado do Sporting e pediu para que se pense nos interesses do clube.

Para José Roquette "a relação de confiança entre presidente e jogadores foi seriamente atingida", e por isso é preciso fazer algo, para que seja reposta, para que a época 2018/19 não seja comprometida. "Se não há uma solução para isto, se isto se vai prolongar (...) pode ser a próxima época que está em causa. Começámos a trilhar um caminho que não se sabe onde acaba", disse o antigo dirigente.

"Eu não fui ao balneário muitas vezes, mas sempre que as coisas corriam mal eu estava lá, era preciso estar presente", disse o antigo presidente do Sporting, na TVI 24, lembrando que a única vez que teve de intervir junto do plantel o fez através de Augusto Inácio.

E quando Dias Ferreira (presente no mesmo programa, tal como Tito Arantes Fontes) disse ter conhecimento de situações que numa situação de vazia diretivo podiam prejudicar o Sporting, Roquette não escondeu a preocupação: "Se eu cheguei preocupado, pior fiquei ao saber que há problemas no Sporting que só o atual presidente pode resolver."

"O que é preciso reter nestas questões, além de manter a cabeça fria e uma perspetiva correta das coisas, é perceber que uma imagem demora muito tempo, mas que se destrói com uma facilidade impressionante. Na minha perspetiva, o presidente de uma instituição como o Sporting tem de permanentemente cultivar um respeito pela instituição e claramente estar sempre do lado dos superiores interesses da instituição, que no caso vertente tem mais de 100 anos", afirmou Roquette, considerando ainda que "não é viável gerir o clube pelo Facebook".

O empresário elogiou ainda o comportamento do treinador Jorge Jesus, "alguém que conseguiu manter serenidade e um rumo e deixar algumas portas abertas, o que era fundamental".

Ler mais

Exclusivos