Daniel Sampaio pede eleições e demissão em bloco dos órgãos sociais

Ex-vice da Assembleia Geral espera que sejam marcadas eleições após os "acontecimentos graves desde a última segunda-feira". Sobre uma eventual recandidatura entende que Bruno de Carvalho "deve ponderar"

Daniel Sampaio considera que Bruno de Carvalho já não te condições para continuar como presidente do Sporting, ao contrário do que defendia numa entrevista ao DN concedida a 21 de abril último.

"Como é do conhecimento público, considerava até há bem pouco tempo que Bruno de Carvalho, devido ao excelente trabalho realizado como presidente do Sporting, tinha todas as condições para cumprir o seu mandato. Contudo, neste momento, e atendendo aos acontecimentos que se têm vindo a desenrolar desde a última segunda-feira, não equaciono outro cenário que não o da demissão em bloco dos órgãos sociais, pois não é possível que tudo fique na mesma após acontecimentos tão graves. A responsabilidade é de todos e a demissão coletiva justifica-se pelo assumir da responsabilidade de todos, não apenas do Conselho Diretivo ", disse ao DN o vice da Assembleia Geral no consulado Godinho Lopes, que não é taxativo sobre a possibilidade de Bruno de Carvalho se recandidatar: "Deve ponderar..."

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG