Bruno de Carvalho 'acusa' Benfica de fazer panfletos contra ele

Presidente do Sporting usou o Facebook para acusar rivais de desestabilização.

Mal acabou o jogo do Benfica no Bessa (1-0), que devolveu a liderança da Liga aos encarnados, Bruno de Carvalho recorreu ao Facebook para denunciar alguns ataques vindos da Luz.

O presidente leonino abordou a aposta na formação do rival, a idade de Renato Sanches (que foi registado com cinco anos de idade) e os célebres panfletos e cartazes, que apareceram contra a gestão de Bruno de Carvalho...

"'Não é por se insultar que se é grande' disse Luís Filipe Vieira. É verdade! E que isto sirva de lição a quem tem 11 "cães de fila" titulares, mais o banco de suplentes, a debitar insultos e ódio diariamente!", escreveu este domingo o líder leonino.

E deu alguns exemplos.

"Não é por se ameaçar jornalistas e diretores de jornais, levando a alguns a apagarem notícias online e outros a publicarem justificações patéticas que se alteram factos. 1997 já está inserido num período moderno da nossa sociedade e como tal basta publicarem o documento do nascimento do hospital Amadora-Sintra e resolvem a questão de vez". Isto alegadamente sobre a notícia do JN de sábado em que contou que Renato Sanches nasceu em 1997 mas só foi registado quando tinha cinco anos, em 2002.

E sem nunca o dizer diretamente, deixou no ar, que o clube da Luz é o responsável por uma campanha contra ele: "Não é por se mandar fazer outdoors e panfletos de forma anónima que se deixa de perceber que os seus mentores e executantes são pequeninos e cobardes."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG