Bruno de Carvalho diz que vai apresentar queixa-crime contra Rui Patrício e Podence

O presidente do Sporting desafia os sócios a pedir uma AG destitutiva: "avancem sem mais novelas"

O presidente do Sporting voltou ao Facebook para garantir que até 15 de junho o clube não irá negociar nenhuma renovação ou venda. Bruno de Carvalho avançou ainda que vai apresentar uma queixa-crime contra Rui Patrício e Podence, os jogadores que até agora apresentaram a rescisão de contrato, por "difamação e calúnia".

Num artigo que assume ser em seu "nome pessoal e de mais ninguém", o presidente do Sporting diz que os associados podem já na próxima segunda-feira apresentar nos serviços do Clube o pedido de uma AG destitutiva do Conselho Diretivo que, se cumprir a lei e os preceitos todos regulamentares, será realizada num espaço temporal de cerca de oito a dez dias.

"Entreguem e marcamos, ponto final! Transformamos o ponto de discussão da AG de dia 17 nesse pedido de destituição, com todas as condições de segurança e de fidedignidade dos resultados", escreve Bruno de Carvalho, elencando em seguida os "putativos candidatos".

Quanto a possíveis rescisões, o presidente do Sporting diz que está "farto de chantagens" e que por isso não vai negociar nenhuma renovação ou venda até 15 de junho.

Eis a publicação de Bruno de Carvalho no Facebook, na íntegra:

Em meu nome pessoal e não de mais ninguém. O Sporting Clube de Portugal tem tudo para ser feliz: 1. Eleições marcadas para a MAG e CFD. Quem foram os únicos até agora a apresentar listas cumprindo todos os preceitos legais e regulamentares? Nós. Espero até dia 22 que surjam muitas mais visto haver tantos putativos candidatos a tomar o poder;

2. Os associados podem já na segunda feira apresentar nos serviços do Clube o pedido de uma AG destituitiva do CD que, se cumprir a lei e os preceitos todos regulamentares, será realizada num espaço temporal de cerca de 8 a 10 dias - está nas mãos dos sportinguistas. Mas acabem as ameaças. Entreguem e marcamos ponto final. Transformamos o ponto de discussão da AG de dia 17 nesse pedido de destituição com todas as condições de segurança e de fidedignidade dos resultados;

3. O Sporting CP tem já tantos putativos candidatos que os Sportinguistas têm o futuro assegurado: Álvaro Sobrinho para dono da SAD com Ricciardi, Varandas, Figo, Pedro Baltasar, Poiares Maduro, Dionísio Castro, Rogério Alves, Pedro Madeira Rodrigues. E mais vão surgir. Não têm de ter medo. É decidir se quiserem eleições agora;

4. Farto de chantagens de alguns advogados e agentes. O Sporting CP, enquanto eu for Presidente, não vai negociar nenhuma renovação ou vendas - a não ser as já previstas - até 15 de Junho, por isso se querem chantagear com rescisões, rescindam já, pois nunca vos será dada razão e eu não cederei a chantagens. Se é para fazer, façam já, e em termos legais cá estaremos para defender a verdade e o Sporting Clube de Portugal. Se não é isso que querem mandem parar os vossos advogados e agentes;

5. As rescisões já apresentadas apresentam um crime gravíssimo de difamação e calúnia que não vai ser deixada em claro, pelo que, para além das questões desportivas e de indemnização ao Clube, ainda terão a braços um processo crime pelas acusações inacreditáveis que fizeram e que terão de provar em sede de processo cível;

6. Quero gerir com honra e prazer o Clube que amo mas, neste momento, é mais a honra que o prazer, pois a forma como o Clube é enlameado e os sportinguistas alvos de uma intoxicação sem precedentes, a mim fere-me a dignidade, orgulho e demonstra uma ingratidão que não mereço e, para além disso, estou farto de acções que não estão apoiadas na lei. Disto isto apelo para relerem os pontos 1, 2 e 3 e avançarem sem mais novelas. Está nas mãos dos associados, como sempre esteve, o presente e futuro do Clube. Mas chega de novelas e chantagens! Actuem! Na esperanca que o Sporting CP continue dos sportinguistas, Viva o Sporting Clube de Portugal!

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG