Cristiano Ronaldo marca o seu primeiro poker por Portugal

Avançado iguala feito de Eusébio, Nuno Gomes e Pauleta. E aumenta liderança histórica dos marcadores

Cristiano Ronaldo conseguiu hoje mais uma marca inédita na sua carreira ao serviço da seleção portuguesa de futebol, ao apontar quatro tentos na goleada por 6-0 a Andorra, na corrida ao Mundial de 2018, em Aveiro.

Com golos aos 02, 04, 47 e 68 minutos, o 'capitão' da seleção lusa superou os 'hat-tricks' conseguidos na Irlanda do Norte (4-2, a 06 de setembro de 2013), Suécia (3-2 a 19 de novembro de 2013) e Arménia (3-2 a 13 de junho de 2015).

Cristiano Ronaldo igualaou o feito de Eusébio, em 1966, de Nuno Gomes, em 2001, e Pauleta, em 2003, os três internacionais portugueses que já tinham marcado quatro golos num jogo da seleção.

O melhor marcador da história do Real Madrid, que em casa nunca tinha conseguido, sequer, marcado mais de dois golos, passou a contar 65 por Portugal, em 134 jogos, abrindo para 18 a vantagem sobre Pauleta (47), o segundo da lista.

Por seu lado, João Cancelo, titular pela primeira vez num jogo oficial, manteve a média de um tento por jogo, aos marcar aos 44 minutos, depois de uma assistência de Bernardo Silva, dois produtos da 'cantera' do Benfica.

O jogador do Valência já tinha faturado na sua estreia como internacional 'AA', a 01 de setembro, no Estádio do Bessa, no Porto, num particular com Gibraltar (5-0).

Autor do quinto golo de Portugal, aos 86 minutos, com a ajuda de Moisés San Nicolás, o jovem ponta de lança André Silva, do FC Porto, estreou-se a marcar, ao terceiro jogo e primeiro em termos absolutos no 'onze'.

- 'Ranking' dos melhores marcadores da seleção portuguesa de futebol:

1. Cristiano Ronaldo 65 golos

2. Pauleta 47

3. Eusébio 41

4. Luís Figo 32

5. Nuno Gomes 29

6. Hélder Postiga 27

7. Rui Costa 26

8. João Vieira Pinto 23 . Nani 23

10. Nené 22 . Simão Sabrosa 22

---

84. João Cancelo 2

---

114. André Silva 1

Ler mais

Exclusivos