Sampaoli não sabe se continua no Sevilha depois de 2018

Treinador do Sevilha tem sido apontado com frequência ao Barcelona e à seleção argentina

O treinador do Sevilha, o argentino Jorge Sampaoli, lembrou esta sexta-feira que "tem contrato" com o quarto classificado da Liga espanhola de futebol até junho de 2018 e que não precisa "de esclarecer nada" quanto ao futuro.

O técnico realçou, contudo, que o vínculo com os sevilhanos inclui "umas alíneas que permitem sair ou continuar", pelo que se reunirá com o presidente do clube, José Castro, para prolongar o contrato "se for do interesse de todos".

O argentino, que assumiu o clube no início da temporada, depois de quatro anos como selecionador do Chile, tem sido apontado como possível sucessor de Edgardo Bauza na seleção argentina, em 'apuros' na qualificação para o Mundial2018, mas Sampaoli realça o "carinho pela instituição" e a vontade de "fazer história" no Sevilha.

"Não posso distrair-me com nada que não seja o jogo de sábado (com o Deportivo). Surgirá o momento para falar de temas futuros", asseverou o treinador, de 57 anos.

Quanto ao mau período do clube de Daniel Carriço, o argentino aponta "fatores psicológicos e imponderáveis, como a eliminação na 'Champions' e jogar logo de seguida com o Atlético de Madrid ou o 'stress' de estar tanto tempo no topo da tabela" como as razões, ainda que queira construir "uma fortaleza para lutar até à última gota de suor".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG