Rúben Semedo continua detido. Só é ouvido por juiz amanhã

Futebolista foi detido esta terça-feira por agressão, sequestro, agressão e posse ilegal de arma. Polícia encontrou pistola utilizada e deparou-se com discoteca na cave da residência do jogador. Empresário deste fala em burla

Rúben Semedo vai ser ouvido por um juiz nesta quinta-feira segundo informam a agência Efe e o site Maisfutebol, alicerçados numa fonte da Guardia Civil.

Só depois de ser ouvido se saberá que medida de coação o tribunal aplicará ao defesa, que foi detido esta terça-feira acusado de agressão, sequestro, roubo e posse ilegal de arma, no entanto, o jornal Las Provincias adianta que nas buscas realizadas foi encontrada a pistola utilizada na agressão e ainda uma discoteca na cave.

Em causa está uma queixa apresentada em 12 de fevereiro contra Ruben Semedo e outros dois homens, um dos quais seu primo.

Segundo a imprensa local, a suposta vítima afirmou que Semedo e outros dois homens, depois de o terem atado, agredido e imobilizado, foram ao seu apartamento com as suas chaves para roubar dinheiro.

A vítima identificou Rúben Semedo e um primo deste como duas das três pessoas que o atacaram e agrediram tendo provocado lesões várias no seu corpo que o obrigam a usar muletas para se deslocar.

O queixoso também declarou que um dos agressores disparou duas vezes com uma pistola para o intimidar, sem que estes o tenham atingido.

Entretanto, Catió Baldé, empresário do jogador, avança com uma eventual explicação para o que aconteceu: "O Rúben [foi vítima de uma burla. Aquilo que poderá ter acontecido, na atitude do Rúben, é ter reagido fora do âmbito da lei, daquilo que é legal, se é que aconteceu, mas porque foi vítima de burla. Eu e a família estamos ao lado dele para o ajudar a ultrapassar este momento. Isto é tudo muito mau. A carreira do jogador fica manchada com esta detenção. Esperamos que seja mais um caso que não tenha gravidade. É mau para um atleta jovem que estava a começar uma carreira promissora", disse.

Esta é a terceira vez nos últimos meses que o jogador português está envolvido em incidentes graves que estão a ser investigados pela polícia espanhola.

Rúben Semedo transferiu-se do Sporting para o Villarreal no último verão a troco de 14 milhões de euros.

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.