Rúben Semedo ficou detido por tentativa de homicídio

O ex-jogador do Sporting ficou em prisão preventiva, sem direito a fiança, devido a "perigo de fuga"

Rúben Semedo foi ouvido esta quinta-feira em Valência e ficou em prisão preventiva. O jogador português é suspeito de tentativa de homicídio.

Segundo a Lusa, o juiz alegou perigo de continuação de atividade criminosa para a aplicação da medida de coação, informação confirmada pelo advogado do jogador do Villarreal, Bebiano Gomes. A imprensa espanhola adianta que a decisão não contempla a inclusão de uma fiança.

Segundo o Gabinete de Comunicação do Tribunal de Justiça da Comunidade Valenciana, o jogador está acusado dos crimes de tentativa de homicídio, agressões, ameaças, sequestro, posse ilegal de armas e roubo com violência.

"A decisão foi aplicar a medida de coação mais gravosa, que é a prisão preventiva, com o fundamento de perigo de fuga", disse Bebiano Gomes, acrescentando que os advogados que o acompanham em Espanha vão "apresentar recurso".

O futebolista, de 23 anos, foi detido na terça-feira, permanecendo deste então no comando da Guarda Civil, em Patraix, de onde saiu hoje para ser ouvido por um juiz de instrução, no Tribunal de Llíria, em Valência, depois de ter sido detido por supostos delitos de agressão, sequestro e ameaça com arma de fogo. Rúben Semedo já tinha sido protagonista de dois outros casos nos últimos meses, acusado de armar confusão numa discoteca e num bar de alterne com uma arma.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG