Exclusivo Os cinco grandes desafios de Rui Costa na cadeira do poder

O antigo jogador ganhou folgadamente, como se previa, o ato eleitoral de sábado e será o presidente encarnado nos próximos quatro anos, nos quais terá em mãos várias missões bastante complicadas para resolver.

Todos sabem que respiro Benfica desde que nasci". Rui Manuel César Costa, 49 anos, sócio 6034, tornou-se oficialmente, na madrugada de ontem, no 34º presidente do Benfica, depois de ter vencido, sem surpresa e com 84,5% dos votos, as mais concorridas eleições da história dos encarnados.

Não é caso virgem no futebol um antigo jogador chegar ao mais alto cargo num clube. No próprio Benfica aconteceu com José Rosa Rodrigues (de 1904 a 1906) e Félix Bermudes (em 1916 e de 1945 a 1946) e até podia ter sucedido com Cosme Damião, se este não tivesse recuado por se considerar demasiado novo para a função nas eleições que venceu em 1926. No mundo, nomes famosos como Santiago Bernabéu (Real Madrid), Franz Beckenbauer e Uli Höness (Bayern Munique), Rafael Gordillo (Betis), Fernando Sanz (Málaga) ou Juan Sebastián Verón (Estudiantes) também chegaram à presidência, uns com mais sucesso que outros. Desta vez, foi Rui Costa a subir ao poder.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG